Celular: Conheça Tudo Sobre o Surgimento Desse Aparelho

Celular: Conheça Tudo Sobre o Surgimento Desse Aparelho

Flavio Flavio 21 set 2021

Câmera, microfone, fotografia, áudio e vídeo, como eram os primeiros aparelhos móveis do mundo? Se você tem essa curiosidade, confira a história do celular e fique por dentro de todos os detalhes desse surgimento.

Hoje é praticamente impossível viver sem um celular. Aliás, quantas vezes já voltamos em casa, depois de já estar a caminho de algum compromisso, só porque tínhamos esquecido o aparelho? 

Muito além de ser apenas um dispositivo de comunicação, hoje os celulares têm uma importância ímpar nas rotinas e no cotidiano das pessoas. São agendas, calendários, calculadoras, álbuns de fotografias, um meio de paquerar, uma ferramenta de trabalho, um console de games, uma forma de manter o contato com alguém querido. 

Fazer e receber ligações, no caso, é uma das funções menos utilizadas atualmente. Mas, não foi sempre assim. O surgimento dos aparelhos celulares foi, em suma, para suprir a necessidade da comunicação em movimento. E a sua “história de vida” é muito interessante.

Quer saber como saímos do tijolão e chegamos nos smartphones mais tecnológicos de todos?

Veja mais detalhes da história do celular:

O que é o celular? 

O celular é um aparelho de comunicação móvel. Basicamente, ele serve para permitir o contato com pessoas em diferentes lugares, sem a necessidade que elas estejam próximas a um aparelho fixo. 

Aliás, esse é o conceito inicial dos telefones celulares: permitir a ligação entre dois aparelhos. Mas, além dessa função, ele também é capaz de enviar e receber mensagens via SMS. 

Alguns modelos ainda têm mais funcionalidades agregadas, o que torna os aparelhos um pouco mais tecnológicos. Podemos citar, como exemplo, a capacidade de se conectar via Bluetooth. 

E, antes que você ache que esses modelos são mega ultrapassados e nem existem mais, saiba que eles ainda têm uma significativa demanda no mercado. 

Ainda são produzidos, principalmente, para o nicho de pessoas que não possuem intimidade com a tecnologia e que necessitam de celulares para fazer apenas o seu básico: ligar e receber ligações.

Como surgiu o celular? 

A tecnologia da comunicação via distância, que se utilizava de ondas de transmissão para efetivar uma chamada, não é tão diferente das utilizadas nos rádios comunicadores. Por isso, a base da criação dos celulares já “pré-existia”, sendo utilizada nos barcos e aviões há algum tempo. 

Na história do celular os primeiros protótipos de um telefone móvel surgiram em 1947, pela Bell Labs. Depois, em 1956, a Ericsson foi capaz de produzir um modelo em escala. Esses foram os primeiros celulares que existiram, efetivamente.  

Com a real possibilidade de se criar um telefone móvel, agora o desafio era aumentar o alcance de funcionamento. E foi na União Soviética que isso se aprimorou. Em 1961, um pesquisador conseguiu desenvolver um modelo com alcance de 30 quilômetros. 

Entretanto, toda essa tecnologia ainda não estava totalmente disponível ao público. Essa possibilidade só veio a surgir em 1973, nos Estados Unidos.

Receba Novidades

Qual foi o primeiro celular que existiu?

Motorola DynaTAC 8000X foi o primeiro celular do mundo

Motorola DynaTAC 8000X foi o primeiro celular do mundo – Foto: divulgação/Motorola

A proposta de criar um aparelho móvel, que permitisse a comunicação direta via ligações, era um sonho antigo. Mas, foi apenas em 1973 que o primeiro modelo comercial foi criado. E o pioneiro foi um Motorola

Martin Cooper, empregado da empresa, é o responsável por ter desenvolvido o Motorola DynaTAC 8000X – primeiro aparelho da história do celular. 

Suas características eram… impressionantes:

  • 25 centímetros de comprimento;
  • 7 centímetros de largura;
  • 1 kg;
  • bateria com autonomia de impressionantes 20 minutos. 

Para os padrões atuais, essas características são impensáveis. Mas, em 1973, isso representava um avanço significativo na área da tecnologia como um todo. 

E vale acrescentar: ele só foi a público, para a venda, 10 anos mais tarde. Apenas em 1983 que os Motorola DynaTAC 8000X começaram a ser comercializados. Ele é considerado a primeira geração de celular que existiu. 

Quando o celular chegou no Brasil? 

Os celulares demoraram um pouquinho a chegar no Brasil. Afinal, antes de se iniciar a comercialização do item, era necessário criar toda uma infraestrutura que tornasse isso, no mínimo, viável. 

Por isso, apenas em 1990, após a criação da rede de telefonia móvel brasileira, é que os primeiros “tijolões” começaram a aparecer, presos aos cintos de pessoas com mais recursos financeiros. 

O primeiro celular a chegar no Brasil foi o Motorola PT-550, com detalhes icônicos até hoje, como a antena que precisava ser levantada para alcançar sinal e a abertura da tampa dos botões. 

E suas características já eram bem mais acessíveis que as do primeiro celular da história: 

  • 22 centímetros de comprimento;
  • 348 gramas;
  • bateria com autonomia de 15 horas em stand by.

Smartphones: a revolução do celular 

Se engana quem acha que os smartphones são criações de apenas alguns anos atrás. A popularização dos modelos como os Apple e Samsung, sim, aconteceu faz pouco tempo. 

Entretanto, o conceito de “celular inteligente”, que faz mais do que apenas ligar e receber ligações, existe há muitos anos. 

Nokia criou, em 1996, o primeiro celular que se conectava à internet via navegador. Mas, foi em 2000 que os smartphones começaram a ser desenvolvidos com mais ênfase e a trazer as características que, hoje, são comuns aos celulares. 

Veja só: 

  • 2000: surge o Nokia 3310, com o famoso “jogo da cobrinha” e os games passam a ser parte essencial nos celulares; 
  • 2001: surge o T36 Ericsson, apresentando a tecnologia de transmissão de dados sem fio, o Bluetooth; 
  • 2001: ainda em 2001, a Sharp lança o J-SH04, o primeiro celular com câmera da história; 
  • 2002: surge o BlackBerry, que começa a revolucionar a conectividade remota, com seu aparelho capaz de enviar e receber e-mails, além da possibilidade de organizar sua rotina toda com agenda e notas; 
  • 2007: chega no mercado o iPhone 2G, primeiro celular Apple. É a partir daí que os modelos passam a ser mais parecidos com os smartphones que conhecemos hoje; 
  • 2011: o Motorola Screen EX 128 é o primeiro celular com suporte para dois chips.

Percebe como o seu celular, cheio de funcionalidades, veio sendo criado aos poucos? 

As marcas e modelos mais vendidos ao longo dos anos 

Essa é uma curiosidade que tivemos e que sempre gera boas conversas em um bate papo com amigos: afinal, quais são os celulares que mais foram vendidos durante os anos? 

As apostas sempre estão entre o RAZR, famoso V3 da Motorola, e os populares Galaxy, da Samsung. Ambos estão corretos, mas a marca campeã em vendas de celulares por aqui é a Nokia! 

Isso pode ser compreendido pois, no boom da compra de aparelhos, a marca era uma das melhores representantes que se existia, com peças tecnológicas e boas funcionalidades. 

Depois, com a evolução dos celulares e o surgimento de outras empresas fabricantes, houve uma disseminação maior entre os usuários e isso fez com que o público se dividisse mais. 

Veja quais são os 15 modelos mais vendidos:

  1. Nokia 1100;
  2. Nokia 1110;
  3. iPhone 6 e iPhone 6 Plus;
  4. Nokia 3210;
  5. Nokia 1200;
  6. Nokia 6600;
  7. Nokia 5230;
  8. Samsung E1100;
  9. Nokia 2600;
  10. RAZR V3;
  11. Nokia 1600;
  12. Nokia 3310;
  13. Nokia 1208;
  14. Galaxy S4;
  15. Nokia 6010.

É interessante considerarmos uma característica atual a respeito da venda de aparelhos: a fidelidade da clientela. 

Hoje, é muito comum que as empresas tenham um público fixo, que troca de modelos, adquirindo os lançamentos, mas não abre mão daquela marca, em específico.

A evolução das marcas de celular 

Durante esse conteúdo, você teve contato com o nome de algumas marcas conhecidas, algumas que você já até ouviu falar e outras que nem sabia que fabricava celulares, não é mesmo? 

Isso porque, na corrida para desenvolver os aparelhos de telefonia móvel, diversas empresas investiram pesado em tecnologia, mas nem todas tiveram sucesso. 

Algumas foram sendo compradas, fazendo parte de fusões, crescendo, e, outras, simplesmente saíram de cena. Atualmente, as gigantes que se mantém em constante evolução de mercado são Apple, Samsung e Motorola, sempre apresentando novos e mais tecnológicos modelos. 

Além disso, marcas como Xiaomi e Huawei também tem garantido o seu filão e conquistado muitos adeptos.

Internet no celular: o ponto de virada 

Apesar de ter a essência baseada na possibilidade de realizar e receber ligações, é importante considerarmos que a maneira de se comunicar também mudou com o advento da internet. Logo, quando ela apareceu nos celulares, houve um ponto impressionante de mudança na funcionalidade dos aparelhos. 

Eles deixaram de ser dispositivos exclusivos de ligação e se tornaram verdadeiras plataformas de comunicação. E com a melhoria da tecnologia que envolve o sinal de internet, em si, a expectativa é que os próximos modelos sejam ainda mais impressionantes. 

Hoje, você já tem celulares com muito mais capacidade de desempenho do que computadores. Gráficos, memória, toda a parte de hardware vem sendo otimizada, para tornar os aparelhos mais eficientes. 

O celular faz parte da rotina! 

Com tantas funcionalidades agregadas, hoje o celular faz parte da nossa rotina. Seja para trabalho, comunicação ou entretenimento, os aparelhos são verdadeiros companheiros do dia a dia. 

Aliás, eles, muitas vezes, suprem a nossa necessidade de nos conectar com o mundo e nos transportam para diversos lugares, com o tempo de um clique e um carregar de páginas. 

A proposta inicial dos aparelhos, que era a de diminuir distâncias e permitir contatos rápidos, foi cumprida com louvor. Mas, muitos outros benefícios também foram conquistados ao longo da história do celular.

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos

Selecionamos os melhores planos de telefonia, internet e tv por assinatura para o seu perfil.