WhatsApp Pay: Tudo sobre o novo sistema de pagamentos no Brasil

WhatsApp Pay: Tudo sobre o novo sistema de pagamentos no Brasil

Felipe Felipe 21 maio 2021

Disponível desde março de 2021, o WhatsApp Pay foi liberado no Brasil pelo Banco Central somente no início de maio. O WhatsApp Pay é um aplicativo que serve para enviar e receber dinheiro de celulares que utilizam o sistema operacional Android ou iPhone.  

A ferramenta foi testada na Índia durante antes de ser aprimorada e recentemente submetida à regularização no Brasil. Os testes estão sendo realizados pelo Facebook desde 2018, no entanto, por se tratar de uma ferramenta monetária, precisou ser muito bem estudada e corrigida ao longo desse período.  

Quem utiliza o aplicativo, seja ele pessoal ou Business, tem direito a utilizar o WhatsApp Pay, utilizando um sistema parceiro: o Facebook Pay. Para utilizá-lo, é necessário o cadastro de um cartão de débito ou por meio de um cartão pré-pago. A aplicação promete facilitar o ato de pagar, receber e transferir dinheiro.  

O WhatsApp Pay não cobra taxas para realizar as transferências, porém pode ser que a instituição bancária cobre alguma taxa pelo uso do sistema. Assim como todo outro método de transferência financeira na internet, é necessário que se tome muito cuidado com seus dados, especialmente no que se refere aos seus cartões e dados bancários. 

No momento é possível que pessoas físicas façam transações financeiras utilizando o serviço, mas a plataforma visa as transações entre clientes e empresas, sejam elas pequenas ou médias.

A notícia que o WhatsApp Pay iria começar a funcionar chegou em meados de 2020, mas o Banco Central adiou o funcionamento da plataforma para que fosse realizada uma auditoria dos riscos que poderiam prejudicar os usuários, assim como regulamentar as transações de acordo com as leis brasileiras. 

lançamento do Pix foi um dos grandes assuntos no Brasil, e hoje a ferramenta já esponsável por cerca de metade das transações monetárias feitas no país. Isso fez com que o éo WhatsApp Pay perdesse foco e demorar a entrar em vigor no Brasil.  

Para conseguir acessar o WhatsApp Pay, basta ir até a Play Store, para os usuários de Android, ou a Apple Store, para os usuários de iOS e verificar se há alguma atualização que ainda não foi feita. Essa função também só está disponível para os aplicativos de celular, a versão para desktop e online ainda não receberam a atualização. 

Se a novidade ainda não estiver disponível para você, mas você quiser utilizar a via, há uma solução. Se outra pessoa que já tem a funcionalidade te enviar uma transferência, aparecerá a opção aceitar, então seu WhatsApp será atualizado automaticamente. 

Quais os bancos que aceitam transferência via WhatsApp Pay? 

Os bancos liberados para transferências usando o WhatsApp Pay até agora, são: 

  • Banco do Brasil, Bradesco, Mercado Pago, Next, Wood (a conta digital do Sicredi), utilizando bandeira Visa; 
  • Banco Inter, Itaú, Nubank, Sicredi, utilizando a bandeira Mastercard;  

Por ser uma funcionalidade ainda em testes, os bancos têm liberado aos poucos o uso da ferramenta, assim como o limite máximo de transferências e valores. Conforme o uso da funcionalidade for avançando, a tendência é que cada vez mais clientes comecem a usar a ferramenta, como aconteceu com o Pix em novembro de 2020.

O pagamento ocorre via cartão de débito da conta do seu banco. Ao ganhar acesso ao WhatsApp Pay, o cliente recebe um email de aviso, se for cliente de um banco que mantenha contato digital como Inter e Nubank, para que haja verificação da conta.  

Para que o usuário consiga transferir o dinheiro a um destinatário ao longo da sua conversa, ele precisa ter saldo suficiente para a transferência na sua conta.  

Como fazer um pagamento através do WhatsApp Pay? 

Ao entrar no WhatsApp, entre no botão “Mais” e em seguida em “Configurações”. Depois de atualizado, aparece a opção “Pagamentos” na mesma aba. Nessa opção, você pode criar uma conta no Facebook Pay, cadastrando seu cartão pré-pago ou cartão de débito com número, CVV, data de validade e nome de usuário. 

A opção para realizar seus pagamentos está localizada ao lado das opções de envio de arquivos e localização, que nos celulares Android são representadas por um clipe de papel e nos iPhones, representadas por uma seta. 

Para utilizar essa função, no entanto, é necessário ter uma conta bancária, ter mais de 18 anos, e ter o CPF em regularidade com a Receita Federal. Instituições como o Mercado Pago, o Banco do Brasil e o Itaú já aceitam os pagamentos feitos pelo WhatsApp Pay.  

O valor máximo permitido por transação é de R$1 mil reais, e o valor máximo que pode ser pago ao longo de um mês é de R$5 mil reais. Porém, são aceitas até vinte transações diárias, contanto que não excedam esse valor limite.  

Para ter certeza que a transação foi realizada, o status do pagamento muda para “Efetuado”. O pagamento também deve constar no seu extrato no banco no qual fez a transação, se não for creditado ao destinatário, pode ser cobrado da instituição bancária. 

Como receber um pagamento via WhatsApp Pay? 

Se você precisa receber um pagamento por uma venda ou de alguma dívida de amigos e familiares, você pode utilizar o WhatsApp Pay e acabar com as desculpas de esquecimento.  

Se você utiliza WhatsApp Business, os pagamentos são processados através da Cielo e podem ser feitos de forma bem simples. Ao ir em “Menu”, escolha a opção “Pagamentos” e logo depois “Facebook Pay”, onde você deve escolher “Receber pagamentos por venda” e logo em seguida “Continuar”.   

Portanto, para aceitar os pagamentos via WhatsApp Business é necessário que você tenha uma conta na Cielo cadastrada com CPF ou CNPJ para continuar esse tipo de transação.  

Os clientes podem não ter tanta confiança nesse tipo de pagamento ainda, mas é um cenário que tende a melhorar com o aumento do uso da ferramenta. Por ter sido bem estruturado desde o início dos seus testes, há previsão que o uso do WhatsApp Pay aumente.  

O WhatsApp Pay pode ser usado com segurança? 

Não é novidade para ninguém que a internet está abarrotada de pessoas de má fé tentando aplicar golpes. Inclusive, o WhatsApp Pay pode sim, abrir deixas para essas pessoas, mas ao utilizá-lo é importante ficar atento para não cair em uma cilada.  

O próprio aplicativo do WhatsApp, além do seu smartphone, já tem tecnologias de criptografia para proteger seus dados. O sistema de autenticação em dois fatores é uma maneira a mais de se proteger de ataques virtuais e acessos indevidos aos seus dados. 

O uso de um PIN numérico, SMS de autenticação e biometria são aspectos favoráveis à segurança no uso dessa ferramenta. Para transferir a conta de um celular para outro, todo processo de cadastramento deve ser feito novamente. Isso é um meio para evitar que haja apropriação da conta em caso de perda ou roubo de aparelho.  

Tome os cuidados básicos com segurança, verificando valor e destinatário da transferência e caso perca seu acesso à sua conta, reative o mais rápido possível para excluir seu cartão e verificar possíveis fraudes.  

Alguns cuidados são necessários para que se evite golpes no uso dessa ferramenta. O primeiro é jamais compartilhar o seu PIN, que representa a sua senha no Facebook Pay. Tampouco você deve compartilhar com qualquer pessoa seu código de confirmação ou verificação. 

Alguns celulares podem verificar o pagamento usando digital ou reconhecimento facial, mas para isso precisa ser ativado dentro do aplicativo e reconhecido através do PIN do Facebook.  

Quais as vantagens do WhatsApp Pay? 

A principal vantagem desta ferramenta sem dúvidas é a praticidade de pagamentos. Poder negociar valores com o remetente diretamente ao passo que realiza o pagamento a distância de um clique é inovador até mesmo hoje com tantas opções de transferência e pagamentos. 

Um outro ponto positivo que o WhatsApp Pay oferece é que por necessitar de uma validação do PIN, garante uma segurança na transação. Ao autorizar a transação, funciona como se você estivesse digitando a senha no cartão de crédito ou débito. Para uma transação online é considerado muito pouco burocrático.  

A empresa promete que essa ferramenta traga uma agilidade maior que o que já é oferecido no campo das transferências online. É excelente para quem trabalha com atendimento ao público pelo WhatsApp. Muito conveniente tanto para contas pessoais quanto para contas Business.  

Quais as desvantagens do WhatsApp Pay? 

Essa ferramenta difere de outras carteiras digitais porque ainda não apresenta opção de pagar boletos, comprar bilhetes pré-pagos ou receber cashbacks nas compras. Além disso, está liberado para uma pequena parcela dos usuários no Brasil, logo, no momento ainda não é uma forma de transferência tão usual quanto Pix, TED ou DOC, por exemplo. 

Qual a utilidade do WhatsApp Pay para pequenas empresas?  

Como a ferramenta une a possibilidade de negociação à de pagamento, é uma maneira ágil, prática e muito menos burocrática de ter os pagamentos feitos diretamente ao vendedor, ou ao empreendedor, caso se trate de um MEI. 

Portanto, por se tratar de uma ferramenta nova no Brasil, ainda não temos real dimensão de quais facilidades traz para os comerciantes e prestadores de serviços na prática. Ainda levará um tempo para que a modalidade seja testada por uma maior parcela dos usuários para que possa se tomar partido desta ou de outra forma de pagamentos.  

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos

Selecionamos os melhores planos de telefonia, internet e tv por assinatura para o seu perfil.