Quais são as Empresas que Participaram do Leilão do 5G no Brasil?

Quais são as Empresas que Participaram do Leilão do 5G no Brasil?

Lucas Lucas 04 nov 2021

Às vezes você tá precisando mandar uma mensagem muito importante e infelizmente o sinal da internet cai. É pra deixar qualquer um nervoso, certo? Bem, o 5G promete mudar essa realidade no Brasil, garantindo conexões mais rápidas e estáveis, além de permitir diversos aparelhos em sua rede. Em vários países já é uma realidade e o Brasil será o próximo.

Veja mais sobre:

5G no Brasil

Em setembro, a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) aprovou o edital de licitação para o 5G no Brasil. O leilão aconteceu dia 4 de novembro e várias empresas disputaram a possibilidade de disponibilizar a tecnologia no país. 

A ANATEL promete que o 5G estará funcionando nas capitais do Brasil em julho de 2022. As cidades com mais de 30 mil habitantes vão ter que esperar um pouquinho mais, o prazo é julho de 2029.

Receba Novidades

5G no mundo

Em outros países, o 5G foi alvo de polêmicas e acusações por conspiracionistas, alguns chegavam a dizer que o 5G era um sistema de controle mundial. Não é preciso dizer que nenhuma dessas acusações foi comprovada. 

Já são 65 nações que contam com conexão 5G, segundo a Viavi Solutions e cada vez mais países e cidades acrescentam a nova tecnologia às suas redes. 

A China é o país com mais cidades conectadas, sendo 376 delas já operando com o 5G. Em seguida vem Estados Unidos, Filipinas e Coreia do Sul. Mas os números só aumentam, se tornando uma realidade bem presente.

Leilão 5G

Como mencionado antes, a ANATEL permitiu que empresas disputassem a licitação para disponibilizar o 5G no Brasil, processo administrativo que permite que empresas deem lances em um leilão, afim de conquistar algo. A organização que oferecer o melhor custo-benefício ganha e tem os direitos para disponibilizar ou construir. 

O edital liberado pela ANATEL prevê algumas obrigações. Dentre elas está disponibilizar internet móvel de qualidade em escolas públicas e distribuição de kits conversores para famílias de baixa renda cadastradas no CadÚnico. 

O leilão foi realizado no último dia 4 de novembro. Você pode conferir aqui quais empresas estão na lista do leilão.

Quatro faixas de frequência estão disponíveis:

  • 700MHz – melhoria na cobertura 4G e eventualmente disponibilizar o 5G; 
  • 2,3GHz – melhoria na cobertura 4G e eventualmente disponibilizar o 5G; 
  • 3,5GHz – 5G “puro” que o usuário irá utilizar;
  • 26GHz – 5G “puro” para banda larga.

O que se esperou foi que as empresas dessem os seus melhores lances na frequência 3,5GHz. 

Lista das empresas que fizeram parte do leilão 

15 empresas participaram do leilão, dando lances.

Elas são: 

  • Algar Telecom S.A; 
  • Brasil Digital Telecomunicaçoes Ltda; 
  • Brisanet Serviços de Telecomunicações S.A; 
  • Claro S.A;
  • Cloud2u Industria e Comercio de Equipamentos Eletrônicos Ltda; 
  • Consórcio 5G Sul; 
  • Fly Link Ltda; 
  • Mega Net Provedor de Internet e Comércio de Informática Ltda; 
  • Neko Serviços de Comunicações Entretenimento e Educação Ltda;
  • NK 108 Empreendimentos e Participações S.A.; 
  • Sercomtel Telecomunicações S.A.; 
  • Telefônica Brasil S.A; 
  • TIM S.A.; 
  • VDF Tecnologia da Informação Ltda;
  • Winity II Telecom Ltda. 

Venda dos lotes

Winity II Telecom vence 1º dia do leilão do 5G

Winity II Telecom vence 1º dia do leilão do 5G – Foto: Reprodução/Divulgação

No primeiro dia do leilão, a Winity II Telecom venceu a disputa pelo primeiro lote da nova tecnologia. Agora a empresa será uma das prestadoras de serviço de telefonia móvel no Brasil, junto com a Claro, TIM e Vivo. O primeiro lote leiloava a frequência de 700MHz para o 5G. 

Neste lote apenas 3 empresas deram lances. Confira o valor que cada uma ofertou: 

  • Winnity II Telecom – R$ 1.427.872.497,87;
  • NK 108 – R$ 333.333.333,77; 
  • VDF – R$ 318.000.000,00. 

Após a venda do primeiro lote, Claro, Vivo e Tim compraram os três lotes disponíveis para a frequência de 3,5GHz. Confira abaixo os lotes vendidos e os valores: 

  • Lote 1 – vendido à Claro – 338 milhões;
  • Lote 2 – vendido à Vivo – 420 milhões; 
  • Lote 3 – vendido à TIM – 351 milhões.

Havia um quarto lote, porém nenhuma das empresas deram lance. 

5G no Brasil está muito distante? 

Depois desse leilão o que se espera é que o 5G chegue às capitais brasileiras no seu prazo inicial, julho de 2022. Dependendo da empresa que ganhar o processo de licitação, não devem haver atrasos. Entretanto, a popularização do 5G fora das grandes cidades vai ter que esperar um pouco mais. O plano é de oferecer em julho de 2029, 7 anos depois de ser disponibilizado em capitais.

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos