Por que o telefone móvel é chamado de celular?

Por que o telefone móvel é chamado de celular?

Maria Maria 17 set 2019

Você já se perguntou por que o telefone móvel é chamado de celular? É muito curioso, tendo em vista que o nome deriva da palavra “células”.

Mas por que? Bom, se analisarmos o sistema de funcionamento das redes de celulares, veremos que elas são todas divididas, daí surge o nome.

Para compreender o porquê do nome, é preciso saber a história por trás dos celulares e o contexto histórico no qual eles foram criados; além disso, entender a diferença entre rede e telefone móvel é fundamental.

Aliás, o desenvolvimento dos aparelhos celulares foi tão grande, que hoje a maioria das pessoas possui acesso à algum tipo de plano de celular com custo-benefício para usar no dia a dia.

Receba Novidades

Por que celular?

É claro que existem muitas contradições e contrapontos acerca da criação dos celulares, quem de fato deu origem ao telefone, e posteriormente ao telefone móvel.

Em 1946, a Bell System, com o serviço telefônico Mobile criou a primeira rede de telefone móvel, capaz de ser utilizada enquanto o aparelho está em movimento.

E já na década de 60, os aparelhos passaram a ser instalados nos carros para uso comercial; a única maneira de transportar o aparelho era com algum automóvel, tendo em vista o tamanho e peso demasiado.

Mas foi em 1973, quando a primeira chamada telefônica foi realizada, ela aconteceu de um aparelho móvel para um telefone fixo.

E a palavra “celular” foi usada pela primeira vez por Douglas H. Ring e W. Rae Young, quando os mesmos elaboraram as primeiras redes de torres sem fios, dando o nome de layout celular.

O nome pegou, pois fazia sentido e as torres e mapas que cobriam determinadas regiões eram semelhantes às células biológicas.

Os nomes variam do inglês, e primeiro surgiu “mobile phone”, ou seja, telefone móvel, e depois veio “celular phone”, com significado de telefone celular. E qual está certo? A resposta é: Depende.

Celular ou Telefone Móvel?

Na verdade, hoje os dois termos que são utilizados para se referir ao aparelho são sinônimos. Tanto faz. Telemóvel, Telefone Celular, Telefone Móvel.

Inclusive se você procurar no dicionário encontrará todos esses termos, pois ambos estão registrados.

No entanto, há quem rejeite o termo “telefone celular”, com o principal argumento de que o “telefone” não é “celular”, e sim “móvel”. O que se enquadra como “celular” é a rede em que o aparelho é conectado.

Para você entender melhor, vamos explicar a seguir. Confira!

Como funciona o telefone móvel? E por que celular?

O telefone celular ou telefone móvel (chame como quiser!) é um aparelho que utiliza-se de ondas eletromagnéticas para funcionar e gerar comunicação com outros aparelhos, sejam eles físicos ou móveis. Tal fato só é possível pois é um aparelho bidirecional, onde quem está conectado na mesma rede pode tanto ouvir quanto falar.

Este incrível aparelho ainda utiliza dados de determinadas áreas geográficas, que são todas divididas em células, onde cada uma possui um receptor e um transmissor, semelhante a uma colmeia; e desta maneira, cada célula é um raio de ação da estação base – aquelas antenas localizadas em lugares altos –, e estão todas interligadas, por isso utiliza-se o termo “celular”, que  vem da topologia do funcionamento rede telefônica móvel.

Para as ondas eletromagnéticas funcionarem e serem difundidas, existem diferentes formas, são elas: 1G, 2G, 3G, 4G e a 5G que está em fase de desenvolvimento.

Tendo em vista que o primeiro celular a entrar no mercado foi apenas em 1983, um lançamento da Motorola, o DynaTAC 8000x, ainda era utilizada a rede analógica 1G, que utilizava o sistema NMT e AMPS. Já no final da mesma década e transição para 90, o sistema 2G entrou em vigor e trouxe novidades, inclusive o sistema passou a ser digital, utilizando-se de GSM, TDMA e CDMA. A rede 3G foi utilizada pela primeira vez no Japão, em meados de 2000 e no começo do século até atualmente, os celulares não pararam mais de se desenvolver.

A tecnologia avançou, as empresas produzem cada vez mais celulares e os usuários estão cada vez mais conectados e interagindo através desses pequenos aparelhos móveis.

Mas você sabia que nem sempre foi assim? Antes disso, muitas experiências foram realizadas, algumas com sucesso, outras não. Confira a seguir uma breve história do aparelho celular.

Receba Novidades

Uma breve história do celular

Como foi dito acima, tudo começou com a Bell System no ano de 1947, nos Estados Unidos. Eles foram os primeiros a realizarem experiências de redes celulares; mas antes disso, já existiam os rádios, os verdadeiros precursores do aparelho celular, que eram utilizados em navios, aviões e torres de controle.

No ano de 1955, a União Soviética desenvolveu o seu primeiro celular, ele era grande e pesava 1,2 kg com um alcance médio de 1,5 km; com o passar dos anos, novas tecnologias foram testados e já em 1961, o engenheiro Leonid Kupriyanovich lapidou sua própria invenção e diminuiu o tamanho do aparelho, além de aumentar o alcance para 30 km.

Anos antes, em 1958, na própria União Soviética, era utilizado o serviço Altay, mas era transportado apenas em carros, tendo em vista o tamanho do aparelho, mas funcionava perfeitamente, tanto que cerca de 30 cidades do país faziam uso desse sistema.

A Rádioeletronika, uma empresa da Bulgária, em meados de 1965 também fez experiências e anunciou um novo sistema de rede com capacidade para até 15 telefones.

Empresas do mundo inteiro, sobretudo dos EUA e da URSS realizavam experiências e desenvolviam tecnologias para o aperfeiçoamento dos telefones móveis, pois sabiam que quem dominasse essa área da comunicação, levaria grande vantagem sobre os outros concorrentes.

Em 1973, a Motorola lançou o DynaTAC 8.000x e revolucionou toda uma geração de celulares, completando a primeira ligação de telefone celular; mas o aparelho só chegou ao comércio 10 anos depois, em 1983. No início da década de 1990, é lançada a rede 2G e além de realizarem chamadas, os aparelhos passaram a enviar mensagens pelo sistema SMS.

E em 2000 o 3G foi utilizado pela primeira vez, possibilitando o acesso à internet e revolucionando a forma como os celulares são utilizados.

2007 a Apple lança o iPhone e transforma de vez o que antes era um grande aparelho em um pequeno computador que cabe dentro do bolso dos usuários.

Gostou do artigo? Continue acompanhando nossas postagens e saiba muito mais sobre o mundo dos celulares!

Conheça a internet banda larga para empresas da oi

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos

Selecionamos os melhores planos de telefonia, internet e tv por assinatura para o seu perfil.